• Você está em: 
  • Home
  • Notcias

12/02/2019 - PREVIDÊNCIA - REGRA MAIS RÍGIDA PARA ABONO SALARIAL

Restrição do benefício a quem ganha um salário mínimo geraria economia de R$ 17 bilhões ao governo

O GLOBO / 12-02-2019

Geralda Doca

BRASÍLIA - A decisão do governo de incluir na reforma da Previdência um artigo que dificulta o acesso ao abono salarial (PIS/Pasep) vai atingir 23,4 milhões de trabalhadores. Pessoas que ganham entre 1,5 e 2 salários mínimos, eles representam um universo de 91,5% dos beneficiários, segundo dados do site especializado Trabalho Hoje. De acordo com a minuta da proposta de reforma que circulou no início desta semana, somente terá direito de receber o abono quem tiver renda mensal de um salário mínimo. Hoje, ele é destinado a quem ganha até dois salários. O levantamento do site foi baseado na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais),  considerando a remuneração média dos trabalhadores do setor privado e servidores públicos em 2017.