• Você está em: 
  • Home
  • Notcias

10/05/2019 - PRESIDENTE DA FERJ QUER SUBSTITUIR VIGILANTES POR PMS NO MARACANÃ

Rubens Lopes  disse que seguranças privados são "alegorias e adereços ", defende o uso da PM nos estádios e recebe apoio de CEO do Flamengo.

Rubens Lopes, Presidente da Federação de Futebol do Estado Rio de Janeiro

Em qualquer parte do mundo, em local minimamente desenvolvido a segurança nos estádios é feita por instituições privadas. O trabalho do Vigilante é efetivo, todos tiveram treinamento sob chancela da Polícia Federal para trabalhar em grandes eventos.

A função do aparato público não é fazer segurança privada. A PM deve fazer a segurança fora dos estádios, em locais públicos.

Diante do que o Estado do Rio de Janeiro está sofrendo com a violência pública é inaceitável que Policiais Militares sejam destacados para garantir a segurança em eventos esportivos privados e lucrativos. Para quem duvidar da eficiência da segurança privada basta comparar como era antes e como é agora com a segurança privada, desafiamos qualquer um a apresentar dados que provem que os vigilantes não estão dando conta do recado.