• Você está em: 
  • Home
  • Notcias

14/05/2019 - BOLSONARO ANUNCIA REDUÇÃO DE 90% SOBRE AS NORMAS DE SEGURANÇA DO TRABALHO

O SINDVIG-RIO vê a medida com extrema preocupação assim como foi na reforma trabalhista que prometia geração imediata de empregos, o que ainda não ocorreu. As NRs são normas prevencionistas. No Brasil são inúmeros casos de acidentes de trabalho.

Jornal extra - Da Redação / Publicado em 13 de maio de 2019

Bolsonaro anuncia redução de 90% nas normas de segurança no Trabalho 

Para atender a agenda de interesses empresariais, o presidente anunciou via Twitter a intenção de reduzir NRs em 90%

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Nesta segunda-feira, 13, o presidente Jair Bolsonaro afirmou a intenção do governo de reduzir em 90% as Normas de Segurança do trabalho (NRs) sob a justificativa de “desburocratizar” o setor.  Entre as normas a serem reavaliadas está a que trata da utilização de maquinários.

Em sua conta do Twitter, foi publicado o seguinte: “Governo federal moderniza as normas de saúde, simplificando, desburocratizando, dando agilidade ao processo de utilização de maquinários, atendimento à população e geração de empregos”, juntamente com um trecho de uma nota publicada pelo Ministério da Economia sobre a “simplificação” das normas.

De acordo com a nota da pasta, as NRs de segurança e saúde no trabalho passarão por um amplo processo de “modernização”. Segundo o secretário especial de Trabalho e Previdência do ministério, Rogério Marinho, a revisão de todas as NRs existentes será feita com foco na desregulamentação e simplificação.

A nota, publicada no site do ministério na quinta-feira da semana passada, afirma que “a primeira norma a ser revista será a NR-12, que trata da regulamentação de maquinário, abrangendo desde padarias até fornos siderúrgicos”. A estimativa da pasta é que o resultado desta revisão seja entregue no mês que vem.