• Você está em: 
  • Home
  • Notcias

27/12/2018 - SINDICATO VISITA CLIENTE DA EMPRESA PRIMUS

O Sindicato dos Vigilantes do Rio de Janeiro, no dia de hoje, visitou o posto da EBC do Rio de Janeiro, onde trabalham Vigilantes contratados pela empresa Primus.

Diretor Ronaldo na sede da EBC na Rua da Rela??o Rio de Janeiro

Em reuni?o com o respons?vel pelo contrato, o Sindicato atrav?s da sua diretoria, alertou que a Primus est? a mais de tr?s meses sem pagar sal?rio, benef?cios e n?o deposita o FGTS dos Vigilantes que prestam servi?o para os Correios.

O Sindicato como ?rg?o fiscalizador tem a obriga??o de alertar os Clientes da Primus que a empresa n?o cumpre suas obriga??es trabalhistas com os Vigilantes e presta um desservi?o para a ?rea de seguran?a privada no Estado no Rio de Janeiro.

21/12/2018 - BLITZ SINDVIGRIO NA EMPRESA PRIMUS

Uma trag?dia anunciada! Os Vigilantes da Primus que est?o sendo demitidos da empresa n?o est?o tendo seus direitos respeitados.

Muito est?o com os sal?rios atrasados a mais de tr?s meses, a empresa se nega a pagar e manda Vigilantes procurarem seus direitos na justi?a!

Os Correios se omitiram diante desse grave problema apesar de todas a den?ncias e reuni?es realizadas com os trabalhadores e Sindicato.

N?o ? de hoje que o Sindicato denuncia a Primus e os Correios diante dessa pr?tica abomin?vel contra o trabalhador.O Sindicato esteve na empresa para orientar os Vigilantes!

Recomendamos veementemente que todos os funcion?rios da Primus que foram demitidos se encaminhem para o Sindicato para esclarecer sua situa??o e botar e empresa na Justi?a.

Vejam o v?deo da Blitz do SINDVIGRIO:


 

21/12/2018 - SINDICATO DENUNCIA EMPRESA À POLICIA FEDERAL

A Diretoria do SINDVIGRIO retrata-se com a informa??o de que a Empresa Seg-master n?o teria autoriza??o da Pol?cia Federal para funcionar no Rio de Janeiro, a informa??o estava equivocada, a informa??o correta ? que a Empresa est? autorizada para funcionar no atual endere?o no Bairro de Padre Miguel. A Diretoria pede desculpas pelo equ?voco, mas continuaremos acompanhando as reclama??es das irregularidades trabalhistas.

                                            

21/12/2018 - DIRETORIA DO SINDICATO CHEGA A ACORDO COM EMPRESA JUIZ DE FORA NO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

Devido a um desentendimento entre trabalhadores e empresa acerca do m?tuo acordo na demiss?o dos vigilantes da Transpetro. Atrav?s de uma media??o do Sindicato com o MPT chegou-se a uma solu??o que atende a todos os trabalhadores.


(Reuni?o no Minist?rio P?blico do Trabalho entre Empresa, Vigilantes e Sindicato)

Vit?ria dos Vigilantes e do Sindicato.

Veja o v?deo:


20/12/2018 - DIRETORIA DO SINDICATO APRESENTA DENÚNCIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA EMPRESA ANGELS

Em vista das condi??es de trabalho na Reserva da Empresa Angels e do abuso nas puni??es que vem ocorrendo de forma cada vez mais intensa nos ?ltimos meses, a Diretoria encaminhou den?ncia ao Minist?rio P?blico do Trabalho com pedido de urg?ncia uma vez que o calor que tem atingido o Rio de Janeiro nesse per?odo ? insuport?vel e tem feito muita gente passar mal.


06/12/2018 - VIGILANTES DA MONTERREY

A diretoria do SINDVIG-RIO ter? uma reuni?o com a Empresa MONTERREY SEGURAN?A E VIGILANCIA na pr?xima segunda feira (10), na sede do Sindicato, para tratar da rescis?o de contrato dos vigilantes da Universidade Veiga de Almeida. A reuni?o ser? as 14 horas. 

06/12/2018 - AS APOSENTADORIAS DE MILITARES NO BRASIL S?O MAIS GENEROSAS QUE AS DE OUTROS PA?SES?

Os militares brasileiros que v?o para a reserva podem passar para a inatividade com sal?rio integral, diferentemente de pa?ses como EUA e Reino Unido.

Veja a mat?ria completa

06/12/2018 - BLITZ SINDVIGRIO NA UFRJ CAMPUS FUND?O EMPRESA FRONT

O SindvigRio por meio de sua diretoria esteve presente na UFRJ, campus Fund?o, para protestar contra a demiss?o de 88 Vigilantes de empresa Front que prestam servi?o para a UFRJ.

Veja no v?deo a atua??o do Sindicato na defesa do trabalhador:



06/12/2018 - ?NIBUS SOBE CAL?ADA E INVADE AG?NCIA BANC?RIA NA PRESIDENTE VARGAS

O Sindicato esteve no local e por sorte nenhum Vigilante se feriu. Os feridos foram encaminhados para o hospital Souza Aguiar.


30/11/2018 - JUSTI?A GARANTE O DIREITO ? ?REVIS?O DA VIDA TODA?

JUSTI?A GARANTE O DIREITO ? ?REVIS?O DA VIDA TODA?

Em nova senten?a de 1? inst?ncia, aposentado do INSS ganha corre??o de 31%

 

A Justi?a Federal de primeira inst?ncia tem se mostrado favor?vel ? inclus?o das maiores contribui??es previdenci?rias anteriores a julho de 1994 no c?lculo de aposentadorias do INSS. Desta vez, uma nova senten?a que garantiu benef?cio mais vantajoso foi proferida pela 8? Vara Previdenci?ria de S?o Paulo, que permitiu a um segurado receber a chamada "revis?o da vida toda". O recurso n?o considera apenas os 80% maiores recolhimentos dos ?ltimos 24 anos, mas sim todos feitos ao longo do tempo de servi?o. Desta forma, o INSS ter? que corrigir a aposentadoria em 31,68%.

 

"Julgo procedente o pedido, respeitada prescri??o, para condenar o INSS na obriga??o de revis?o do benef?cio sob NB (...), para aplica??o da regra definitiva inscrita no Art. 29 da Lei 8.213/91 (alterado pela Lei 9.876/99), considerando no per?odo b?sico de c?lculo todos os sal?rios-de-contribui??o presentes no CNIS da parte autora, inclusive os anteriores a 07/1994, bem como na obriga??o de pagar parcelas antecedentes", sentenciou o juiz Ricardo Nascimento.

 

Como a decis?o ? de primeira inst?ncia, o INSS pode recorrer. Mas enquanto n?o h? um contraponto, o aposentado vai passar a receber benef?cio de R$ 5.531,31. Atualmente, ganha R$ 4.200,60, valor que ser? elevado considerando contribui??es anteriores a julho de 1994.

 

O juiz determinou ainda que o INSS tem a "obriga??o de pagar as parcelas antecedentes", resultando em acumulado de cerca de R$ 65 mil de atrasados.

 

No ?ltimo dia 22, O DIA mostrou que os aposentados do INSS t?m encontrado na Justi?a o direito ? "revis?o da vida toda". Na ocasi?o, a Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais do Acre aceitou a argumenta??o de um aposentado, garantido reajuste de 6,15%. O benef?cio passou de R$ 3.960,07 para R$ 4.203,49. A senten?a, de primeira inst?ncia, determinou corre??o com juros e corre??o monet?ria e atrasados de R$ 10,2 mil.

 

No m?s passado, decis?o similar da 3? Turma Recursal do Juizado Especial Federal do Rio fez com que o INSS corrigisse a aposentadoria de um morador de Realengo em 33,8%. O valor da aposentadoria subiu de R$ 2.103,64 para R$ 2.816,41.Em outro caso, a Justi?a Federal do Rio deu senten?a favor?vel a segurada de Copacabana, que passou a receber R$4.228,20 (33,9%).

 

O advogado Murilo Aith, do escrit?rio Aith, Badari e Luchin Advogados, ressalta que para verificar o direito ? revis?o ? necess?rio que o trabalhador tenha se aposentado ap?s 1999. "O ideal ? que se consulte especialista para fazer os c?lculos e ver haver? vantagem", recomenda.

 

Tema espera julgamento no STJ

 

A tese de reconhecimento da "revis?o da vida toda" foi parar no Superior Tribunal de Justi?a (STJ), que suspendeu a tramita??o de alguns processos. Mas mesmo assim, inst?ncias inferiores t?m concedido o direito ao rec?lculo ao incluir no c?lculo dos benef?cios contribui??es previdenci?rias anteriores ao m?s de julho de 1994. O assunto ser? julgado pelo STJ. M?o h? uma data definida.

A decis?o sobre processos que tratam do tema dever? orientar ju?zes de inst?ncias inferiores, devido ao Incidente de Resolu??o de Demandas Repetitivas (IRDR) referente ? a??o rec?m julgada pelo Tribunal Regional Federal da 4? Regi?o (TRF-4). O advogado Murilo Aith lembra que mesmo depois de uma defini??o do STJ, o caso pode ser analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Fonte: Max Leone ? O Dia

30/11/2018 - PARALISA??O GERAL NOS POSTOS DA CLAUFRAN

PARALISA??O GERAL NOS POSTOS DA CLAUFRAN

Ap?s reuni?o com a Secretaria Municipal de Sa?de os trabalhadores da Claufran decidiram que ir?o paralisar todos os postos da empresa, que est?o com sal?rios atrasados. Muitos Vigilantes est?o de tr?s ? seis meses sem receber sal?rios, VR e VT.


A situa??o chegou a um ponto insustent?vel ap?s reuni?o onde a Secretaria Municipal de Sa?de se posicionou de forma a n?o resolver o problema e se mostrou despreocupada em rela??o a falta de pagamento dos Vigilantes da Claufran.

? a hora de TODOS entrarem com a??o contra a empresa, comparecendo ao jur?dico do Sindicato. A paralisa??o dos postos tamb?m ? imprescind?vel. Como o trabalhador seguir? trabalhando de gra?a at? fevereiro?

Como o Prefeito vai explicar as unidades de sa?de sem Vigilantes, nessa ?poca do ano, onde o turismo e os eventos s?o important?ssimos para a arrecada??o do Munic?pio? Colocar em risco os usu?rios da sa?de municipal, funcion?rios e a popula??o carioca custar? muito caro ao Prefeito.

Apenas atrav?s da paralisa??o dos postos e da a??o contra a empresa teremos alguma chance de reverter essa situa??o terr?vel!

Em caso de d?vida entrar em contato com nossa diretoria no telefone 3861-7077 ou 3861-7053.



Exibindo 52 a 68 de 1350< 1 2 3 4 5 6 7 8 >