PROJETO DE LEI COMPLETAR DO GOVERNO TENTA ACABAR COM APOSENTADORIA ESPECIAL DOS VIGILANTES

A LUTA NÃO ACABOU!

De acordo com o texto do Governo que será apresentado pelo Senador Eduardo Braga (MDB-AM) no Senado Federal, são condições especiais de aposentadoria em 25 anos de contribuição + 60 anos de idade, desde que haja o uso permanente de arma de fogo como condição indispensável para seu exercício.

A CONTRASP – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Segurança Privada já solicitou pedido de audiência com o Senador Eduardo Braga (MDB-AM).

O projeto relacionado à periculosidade faz parte de um acordo costurado pelo líder do governo Bolsonaro no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), para garantir a aprovação da reforma da Previdência (PEC 6/2019) em segundo turno.

Eduardo Braga recebeu o texto do governo na última quarta-feira (30), quando o secretário especial de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, compareceu ao Senado para levar a proposta. O senador Esperidião Amin (PP-SC) deve ser o relator da matéria

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*