FEDERAÇÃO E SINDICATOS DOS VIGILANTES NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

As entidades sindicais representativas dos Vigilantes e dos Profissionais da Segurança Privada no Estado do Rio de Janeiro vem a público informar que estamos com a campanha salarial 2020 suspensa, mas estamos na Justiça do Trabalho exigindo o cumprimento da vigência da atual convenção coletiva até 20 de maio e já advertimos o SINDESP RJ para retomarmos as negociações salariais, mesmo que por videoconferência, a partir dessa data, conforme havia sido estabelecido.

Lembrando que o Ministério Público do Trabalho, através da Nota Técnica nº 6 de 2020 orienta a continuidade das negociações mesmo no período de pandemia, aproveitando para isso, as alternativas tecnológicas disponíveis, para que a categoria profissional e o segmento econômico não sejam prejudicados pela falta de normas coletivas.

Vivemos um dos piores momentos da nossa categoria profissional e combatemos péssimas práticas, a exemplo do oportunismo dos clientes e tomadores de serviço de segurança privada, que desde o início da declaração do estado de calamidade apenas preocuparam-se em devolver os Vigilantes para as empresas de segurança para reduzir custos às pressas.

Também estamos combatendo e denunciando as empresas de segurança que preocupadas com a sua sobrevivência financeira, aproveitam a crise gerada pela pandemia do COVID-19, para demitir ou impor acordos espúrios aos Vigilantes, reduzindo ou deixando de pagar o que é direito dos trabalhadores e profissionais da segurança.

AUDIÊNCIA VIRTUAL DIA 18 DE MAIO
Diante dessas circunstâncias, haverá uma nova audiência virtual na Justiça do Trabalho, realizada pelos Desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho, com a participação da representante do Ministério Público do Trabalho, na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, às 10 horas.

Nessa oportunidade discutiremos os compromissos assumidos pelo SINDESP RJ e a retomada das negociações salariais.

Para todas as entidades sindicais representativas dos Vigilantes é fundamental o envolvimento do Tribunal Regional do Trabalho nesse discussão, pois amplia o debate e demonstra para esse órgão julgador a disposição dos Sindicatos dos Vigilantes de todo Estado do RJ em lutar pelos Direitos da categoria.

  • FEV – Federação dos Vigilantes do Estado do RJ
  • Sindicato dos Vigilantes de Angra dos Reis e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de Belford Roxo e Queimados
  • Sindicato dos Vigilantes de Campos dos Goytacazes e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de Duque de Caxias
  • Sindicato dos Vigilantes de Itaguaí e Seropédica
  • Sindicato dos Vigilantes de Macaé e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de Mesquita de Nilópolis
  • Sindicato dos Vigilantes de Niterói e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de Nova Friburgo e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de Nova Iguaçu
  • Sindicato dos Vigilantes de Petrópolis e Região
  • Sindicato dos Vigilantes de São João de Meriti e outros Municípios
  • Sindicato dos Vigilantes de Volta Redonda e Sul Fluminense
  • Sindicato dos Vigilantes do Município do Rio de Janeiro
  • SINDVALORES

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*