SINDVIG-RIO CONSEGUE REVERTER DEMISSÕES “POR FORÇA MAIOR” DA CONFEDERAL

A Diretoria do SINDVIG-RIO conseguiu reverter as demissões “por força maior” que a Empresa Confederal queria impor.

A Caixa Econômica estava exigindo dos Vigilantes a apresentação da sentença judicial ou o ato administrativo que determinou o encerramento das atividades daquela Empresa, conforme artigos 501 ao 504 da CLT, ficando impedidos de receber o Fundo de garantia e o Seguro Desemprego.

Hoje eles vão receber suas guias rescisórias com a mudança do código para 01. Todos os Vigilantes demitidos agora vão poder dar entrada no seguro desemprego e vão receber o aviso prévio.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*